Gostou? então compartilhe nosso blog e divulgue nosso trabalho!

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

história do saxofone


O saxofone foi inventado em 1841, e patenteado em 1846, por Adolphe Antoine Joseph Sax (Paris 1814/1894), um judeu belga pertencente a uma tradicional família de fabricantes de instrumentos musicais. Em 1857, Adolphe Sax tornava-se instrutor de saxofone no Conservatório de Paris. Sax foi também inventor de outros instrumentos, tais como o Sax Horn, uma espécie de tuba. O fato de o saxofone ter sido inventado por um judeu faria com que saxofonistas na Alemanha Nazista fossem perseguidos.

Apesar de ser de metal, o saxofone pertence à família das madeiras. Isso ocorre porque ele combina em sua construção a palheta simples, com a boquilha do clarinete, e o corpo cônico do oboé, com o interessante mecanismo de chaves da flauta moderna, introduzido por Böehm, em 1847. Uma classificação mais interessante para esses instrumentos de sopro hoje seria: instrumentos de chaves.

O saxofone existe em sete tamanhos: sopranino, soprano, contralto ou alto, tenor, barítono, baixo e contrabaixo.

O sopranino, o alto , o barítono e o contrabaixo soam afinados em mi bemol, enquanto que o soprano, o tenor e o baixo, soam em si bemol.

A maior parte dos saxofones é curva - em forma de cachimbo -. O soprano, mais comum na forma reta como o clarinete, aparece também na forma curva. Já o sopranino é reto, aproximando-se do tamanho de uma flauta doce contralto.


O saxofone aparece pela primeira vez na orquestra em 1844. No início do Século XX, alguns compositores escreveram solos para saxofone e orquestra como a Rhapsody (1903) de Claude Debussy e a Fantasia Para Saxofone Soprano e Orquestra de Heitor Villa Lobos. Villa Lobos escreveu ainda diversas peças para câmara, onde aparece o saxofone como os Choros.

O saxofone, bastante utilizado em bandas militares, se tornou muito popular nos Estados Unidos, em particular, onde se confunde com o desenvolvimento do jazz, graças a notáveis músicos como Sidney Bechet, John Coltrane, Wayne Shorter, Brandford Marsalis (Soprano); Benny Carter, Johnny Rodgers, Charlie "Bird" Parker, Cannonball Adderley, Sonny Stitt, Phill Woods, Lee Konitz, Paul Desmond (alto); Lester Young, Zoot Sims, Coleman Hawkins, Sonny Rollins, Dexter Gordon, John Coltrane, Stan Getz, Wayne Shorter, Brandford Marsalis (tenor), Pepper Adans e Gerry Mulligan (barítono), entre outros.

Os saxofones mais comuns são o soprano, o alto e o tenor. É muito difícil para o iniciante escolher qual saxofone deseja tocar. Nesse caso, recomenda-se iniciar os estudos com um alto ou tenor, já que são os mais fáceis de encontrar no mercado, e também são mais baratos. Mais adiante, quando já estiver mais familiarizado, o novo músico poderá optar por aquele de sua preferência. Mas é muito comum tocar-se mais de um saxofone, já que todos possuem um mecanismo padrão.


fonte: http://www.falamedemusica.net/Saxophone.php?lang=pt